eu nem sei se tenho peito pra tanto amor

eu nem sei se tenho peito pra tanto amor
que passou por mim no metrô
quem me fez o pescoço virar quando na praia eu vi passar
que me tirou o sono depois d’uma madrugada sem fim

eu nem sei se tenho peito pra tanto amor
que me deu a paz num café sem açúcar
me deixou fora do eixo num só beijo
que me cantou canções de paixão sem que eu pudesse ouvir

eu nem sei se tenho peito pra tanto amor
e pra esse amor que eu não consigo dar
pra esse sentimento que eu não consigo deixar
acontecer
crescer
ou, talvez, rebobinar

eu nem sei se tenho peito pra tanto amor
e dou amor pros peitos cheios de amor
e dou amor pras vidas cheias de vida
e dou amor pras vidas que não me querem, amor
dou amor pra quem não devia
enlaço mãos que não podia
divido copos em demasia
e pros amores que se entregam a mim
fica tão pouco
que peço perdão, porque
eu nem sei se tenho peito pra tanto amor,
amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s